É uma planta que se assemelha a beterraba e suas folhas são consumidas em saladas. As raízes de maca são fontes ricas em açucares por isso seu sabor adocicado. São considerados uma "delicatesse" nos platôs andinos. Quando secadas podem ser armazenadas por varios anos.

A planta é cultivada no platô de Junin, região central do altiplano peruano e era apreciada pelos incas por suas propriedades revigorantes.

Por séculos a raiz da maca cresceu selvagem nos Andes peruanos entre 3.800 e 4.400 m acima do nível do mar. Esta é a única região onde encontramos a maca, onde as condições de temperatura são extremamente congelantes, os ventos são fortes e a luz solar e intensa. Poucas plantas no mundo resistem a tais condições.

O solo rico situado neste platô elevado do Peru onde o frio e intenso e o oxigênio e rarefeito pode explicar os elevados níveis de minerais encontrados na raiz de maca.

Ainda hoje, os índios peruanos plantam a maca da forma tradicional igualmente aos seus ancestrais ,sem a utilização de pesticidas ou produtos químicos.

A raiz de maca contem quantidades significativas de aminoácidos, carboidratos complexos, vitaminas B1, B2, B6, D3, C e PP e minerais, incluindo: cálcio, fósforo, zinco, magnésio , ferro e sódio.

Clique aqui para ver o vídeo sobre a Maca



© 2008 Biomaca - Starbuck Projetos Web